segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Guerra de audiência-GLOBOx RECORD

Ligo a tv no Domingo.Faustão,futebol,pregações,reality shows,Sílvio Santos.....Há anos as tv´s de concessão pública deste país (controladas pelos interesses de mega-empresários)se parecem e se nivelam no quesito qualidade......ou falta dela. Antigamente,nos anos 80,nem tão antigamente assim se falava na abertura democrática e toda a maravilha que poderia ser desfrutada em termos de novidade pela conjuntura que se formava,a nova tv,o novo panorama político brasileiro,a new wave,Xuxa,eu um molequinho nem tinha noção das mudanças no mundo á minha volta,a futura queda do muro de Berlim e na Tv um império consolidado fabricava e glorificava os seus ídolos que viriam a ser de toda uma nação. Um império iniciado bem no início do século XX,por um garoto que acabara de assumir um jornal cujo pai então falecido,era o proprietário. Mas,e daí?E daí se nem o paraíbano Assis Chateaubriand poderia prever que aquele grupo de comunicação do Rio de Janeiro (do bairro Jardim Botânico) atingiria audiência á nível global,assombrando toda a América do Sul,abocanhando a sua TV Tupi.Pouco se sabe da relação dos anos de chumbo da ditadura e o crescimento megalômano deste grupo,que por muitos é motivo de orgulho nacional,por estar figurando entre os maiores do mundo.A gente se vê por ali???A que ponto nos deixamos influenciar pelas modas,maneirismos e informações reveladas por tal meio?A quem isso interessa?E o povo?Aonde entra o real interesse dele?.Aonde estão os talentos escondidos?Por que só quem paga tem direito ao lugar ao Sol? Eis que então surge um oponente não tão competente,mas,DESBANCANDO A ANTIGA VICE (SBT)mesmo assim,voraz e raivoso. No próximo post vou tratar e me alongar um pouco sobre ela,e o atual cenário de hoje. AGORA,ME DÊEM LICENÇA,VOU ASSITIR UM POUCO DE TV............ "...é que a televisão me deixou burro,burro demais..."

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Atafona-magia e mistérios

           "Realmente existem mais mistérios entre o céu e a terra do que duvida nossa vã filosofia"





Praia de Atafona-(distrito do município de São João da Barra-RJ,quase fronteira com o Espírito Santo)

Continuando a minha saga de relatar o que conheci nessas minhas peripécias turísticas por aí,agora chegou a vez de falar de um lugarzinho muito especial que segundo até Chico Xavier numa visita ao local, disse ser "energizado",a praia do Pontal de Atafona.
O nome Atafona é de origem indígena  significa moinho de vento. Atafona possui o segundo maior delta (foz de um rio) do país e o terceiro clima medicinal do mundo. É em Atafona também, que ocorre o processo de transgressão do mar, que consiste na invasão do mar sobre o continente.Ela é distrito de São João da Barra,que fica á 330 km da capital Rio de Janeiro.Uma cidade que também é conhecida por um famoso conhaque que leva o nome da cidade,você já deve ter esbarrado em algum cartaz dele em algum barzinho por aí.

Bem,foi num sábado de manhã,estávamos nos preparando para conhecer as belezas naturais do local,no dia anterior,eu havia encarado uma maratona de quase seis horas dentro do ônibus do Rio até Campos,p´ra depois ser levado de carro até São João da Barra(aprendi até graças á Deus em chinês -há lou sá!!???),mas,estava super disposto.Chegando lá a primeira visão que logo chamou  minha atenção foi a de um prédio destruído pela ação do mar,bati uma foto,mais á   frente um cachorrinho veio nos saudar,um yorkshirezinho muito fofo,parece que era um prenúncio das coisas boas que estavam por vir,bati várias fotos dele,como essa aqui abaixo:



Andando mais á frente começamos á vislumbrar o espetáculo,um céu que se confundia com o mar,um sol meio tímido porém suficientemente lindo e oportuno entre as nuvens bem desenhadas,mais parecendo um balet,refletidas no banco de areia debaixo de nossos pés,extenso e medicinal,como um tapete estirado por Deus,sendo que a praia estava praticamente vazia,sendo cortada pelos jipes alugados por turistas.A sensação que tive foi de imensidão,de eternidade,alguma coisa me tocava e me fazia ter a certeza de que aquele momento era único,como um paraíso daquele estava sendo destruído pela própria natureza,haja vista que a cada ano o mar avança 3 metros?? Alguns fanáticos dizem que é sinal dos tempos,outros que é castigo da Terrra em detrimento do aquecimento global ou fenômeno natural.Bem,digam o que quiserem,p´ra mim foi encantamento,puro deslumbre e olhe que já vi muitas praias lindas,vários cartões-postais,moro no Rio de Janeiro,berço natural e capital-postal do Brasil para o mundo,mas,nunca tinha ouvido falar deste lugar,aliás,é uma arrogância nossa ficarmos presos á um lugar só,achando que ele é o centro do universo,sendo que existem inúmeros "centros do universo" por aí.
As crianças brincavam,as águas vinham beijar os meus pés,de repente mais á frente o ápice do espetáculo,o encontro do rio com o mar,a foz do Paraíba do Sul,que corta Rio,Minas e São paulo,a pororoca,neste exato ponto aqui:

 
 
Finalizando,ainda passamos pela vila dos pescadores mais á frente,que fica entre a praia e um mangue,num desbunde ecológico total,mas,não consegui avistar nenhum OVNI,já que é um local repleto de relatos de avistamentos,tendo inclusive uma pousada em forma de disco voador,incluindo outros fatos curiosos.E muita gente,apésar do avanço do mar, não quer arredar pé dali,inclusive,pasmem,aonde eu tirei a foto acima haviam duzentas casas e várias ruas,comércio e etc...Um antigo morador havia construído um muro á frente de sua casa dizendo que o mar não chegaria ali,mas,como se vê nessa faixa preta rochosa na água, na foto abaixo,o mar tanto chegou como destruiu tudo:



Voltarei lá,se Deus quiser,mês que vem,para tirar mais fotos,me reequilibrar e aproveitar essa vida que nos oferece possibilidades inúmeras,também agradecer á mãe Natureza por este paraíso que fica á cinco horas do Rio,e fazer uma coisa que não fiz lá,dar um "tchibum" na água.De peixinho!!


                                     
                                                      
                                                              [:)]

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Viajar é preciso!!!

                          



Estive viajando esses dois últimos fins de semana,um destino foi Ilha Grande,maravilhoso e paradisíaco lugar,á duas horas de balsa do Rio de Janeiro.Com sua paisagem bucólica,Ilha Grande lembra a Lapa carioca na sua noite,no bairro da Vila Abraão,logo de cara,na sexta á noite ao chegar,uma festa junina com direito á muitos turistas nacionais e internacionais se esbaldando(aliás,haviam muitos mais estrangeiros ali).Cansados da viagem,eu,minha namorada e o meu enteado comemos algo nas barraquinhas,depois fomos dormir.
No Sábado,passeio de barco ao longo das outras ilhas vizinhas,demos comida aos peixes,mergulhamos,visitamos lugares históricos,comemos churrasco....nem nos demos conta do tempo que passamos ali com os outros amigos que foram também se juntar a gente no passeio.Sensação de presença divina.
No dia seguinte,Domingo,depois de uma noite regada á vinhos e queijos,eu,minha namorada e meu enteado(de 5 aninhos)resolvemos aproveitar o frio que fazia na Ilha p´ra irmos ás compras das lembrancinhas,acabamos indo parar na trilha do Saco do Céu(é esse nome mesmo,viu??),um olhar por dentro das matas,repletas de animais silvestres,ruínas do antigo presídio,muitos turistas.Tiramos muitas fotos,inclusive essa aqui debaixo foi do finalzinho da andança,com uma garoazinha caindo ao fundo,antes de almoçarmos p´ra ir embora:
                      
                            
                                                  Coisa linda de meu Deus!!!!
                            
Olha só nóis aeeeeeee!!!!!
Para o próximo post,narrarei mais detalhadamente a minha ida e descoberta da praia (rio-mar) de Atafona,distrito de São João da Barra,Norte Fluminense.
Me aguardem!