sábado, 23 de agosto de 2008

O lado Coringa de cada Um de Nós...

Bem sr.Clayton..Tá na hora da festa.....e o Cabaret não pode parar...ah nãoo,por nada en ese mondo de mi Diós.....por isso....

Ela disse que sim,preparou o café,vestiu a melhor roupa,engoliu o tal café...pegou um ônibus....se dirigiu ao aeroporto....o recebeu....ele era simpático..ela estava linda(não poderia deixar de estar)...o fato era aquele...o tal encontro...a esperança da perfeição nos seus olhos já brilhantes pelo que acabara de ver.....depois e tantos scraps e conversas intermináveis via MSN.....o mal do novo mundo é achar que sentados diante de um computador esqueceremos os problemas.......na verdade essa é uma sensação apenas...e muito boa por sinal...A moça então viu que ele não a queria como ela queria....ele contou á ela que no meio do caminho havia conhecido a verdadeira mulher de sua vida....e que também já havia inclusive marcado a data do casamento.....e que agora não fazia mais sentido e que seriam somente amigos...

Ela então, sentindo o coração parar ali naquele setor de desembarque do aeroporto....derrama uma lágrima...e disse:"VOCÊ ME COMPLETAVA!!!".....daí ela puxa uma faquinha muito bem afiada e lhe aplica dois golpes no pescoço...ele cai...agoniza....ela também cai,por dentro,também agoniza....nunca fez mal á ninguém....era uma seda,o típico "amor-de-pessoa"....ele morre....ela,manchada de vermelho, é presa,agora rindo como uma louca e de batom borrado....como um largo sorriso..Desfeito.

O sr.Joka....dono da barraca de cahorro-quente ali da esquina todas as noites tem um ritual....ás 23 h sempre aguarda a sua única filha Corina chegar da faculdade e a leva p´ra casa á pé....já que a rua á noite é muito escura...só que naquela noite,Corina demorou um pouco....demorou....demorou.

De repente era ela descendo da condução..."ufa,finalmente!!!",pensa seu Joka....ele percebe que não está só,há no local mais dois rapazes loiros de olhos azuis também ali....até então tudo bem,não fosse o fato preocupante de se aproximar um rapaz negro ao lado de sua filha....ele se preocupa...adianta o passo...ela atravessa a rua...haviam umas dez pessoas também atravessando a rua...começava á chover....seu Joka já não via mais o rapaz negro...nem sua filha...estranho...aonde ela foi parar no meio dessas pessoas??De repente ela ouve um grito de socorro...era dela,a voz de sua filha apavorada,saída de dentro de um Opala preto,que em seguida disparou em alta velocidade...sequestro..."Mas logo a Corina,eu trabalho tanto p´ra educar essa menina,ela é tão batalhadora"....enfim,seu Joka pega um táxi que seguirá o Opala preto....

O táxi e Opala se chocam....seu Joka sai do táxi,os ocupantes do Opala também....Corina tenta sair do carro aos prantos..."Pai,socorro,eles querem me estuprar..."...daí saem do Opala preto os dois loiros de olhos azuis que estavam junto de seu Joka,sim eram eles os bandidos da estória,os rapazes que pareciam o "Ken da Barbie...ensaiam uma fuga....seu Joka saca dois punhais que carregava consigo e lança cada um em direção a cada bandido...os acerta....sua filha está salva...eles caem no chão e agonizam...seu Joka abraça Corina....mas a polícia chega e o acaba prendendo...embora estivesse atuando em defesa de sua filha,vai ter que responder judicialmente pelos dois assasinatos que cometera...mas ele vai sorrindo...quase que debochando e aliviado diz a filha:"Não se preocupe filha...papai te ama...VOCÊ ME COMPLETA..."...Corina o agradece com o seu batom borrado,quase como um sorriso....

..............DESFEITO!!!

PS:

TRANSPOSIÇÕES: "você me completa" a dualidade do bem e do mal presentes no homem-material...BATMAN X CORINGA.

Batom borrado,como um largo sorriso desfeito- A boca do Coringa

Seu JOKA,trocadilho com JOKER,que quer dizer Coringa em inglês.

Ah....sim!!! E Corina não precisa de tradução,foi só um joguinho de palavras meio-trash

TUDO ISSO AQUI SÓ P´RA LEMBRAR QUE SOMOS SERES DUAIS...E CARREGAMOS O NOSSO CORINGA LÁ DENTRO,E QUE MUITAS VEZES É MELHOR SUFOCÁ-LO....ANTES DE SERMOS SUFOCADOS....BORRANDO O NOSSO SORRISO DE VERMELHO-SANGUE.

Nenhum comentário: